sábado, 24 de maio de 2008

UM POUCO DO RECIFE - MERCADO DO DERBY


O Mercado do Derby, criação de Delmiro Gouveia, funcionou onde hoje fica o quartel-general da Polícia Militar. Foi inaugurado em 1898. Era uma espécie de precursor dos atuais shoppings. Um imponente prédio onde se vendia de tudo, de carne, artigos importados, verduras, gelo e jornais. E com uma grande atração: luz elétrica, que proporcionou aos comerciantes estenderem o horário comercial de suas lojas até às 8h da noite. Na frente do mercado, foi criada uma área de lazer, com a realização, à noite, de festas para crianças e adultos, que atraíam multidões. Era o ponto mais concorrido do Recife na época. O Mercado do Derby, ou Mercado Modelo Coelho Cintra, seu nome oficial, foi destruído por um incêndio, na madrugada de 1º de janeiro de 1900. Dizem que o incêndio foi criminoso e seus autores foram os inimigos políticos de Delmiro Gouveia, na época chefiados pelo vice-presidente da República, o Conselheiro Rosa e Silva. O prédio ficou abandonado até 1909, quando foi recuperado e passou a abrigar a Escola de Aprendizes de Artífices. Em frente ao prédio, no espaço denominado Campina do Derby, em 22 de junho de 1905, aconteceu o primeiro jogo de futebol em Pernambuco, entre o Sport Club do Recife e o English Eleven. Tempos mais tarde, o edifício do velho mercado virou o quartel-general da Polícia Militar, que ainda hoje existe no local.

Um comentário:

Unknown disse...

No ano de 1924, o prédio passou a ser o quartel central da Força Pública, hoje Polícia Militar do Estado de Pernambuco.