sexta-feira, 11 de abril de 2008

MUDOU - DE TAIGUARA

Mudou
Mudou o tempo e o que sonhei pra nós
Mudou a vida o vento a minha voz
Mudou a rua em que eu te conheci
Mudou
A ilusão da paz do nosso amor
Mudei as rimas do meu verso cru
E o sol mudou de cor teu corpo nu
Mudou
O impulso aflito de dizer que não
A lua é nova e é nova a informação
Mudou meu céu e vai mudar meu chão
A terra ardeu e o céu desmoronou
E há o que fazer e a flor não me ensinou
E há o que fazer meu sonho não mostrou
Mudou
E vai mudar enquanto eu não morrer
E vai mudar pro amor sobreviver
Vê se me entende eu mesmo não mudei
Eu sou o mesmo livro podes ler
Eu sou o mesmo livre pra dizer
Que eu amo ainda
Que eu quero ainda
Te espero ainda
Pro amor
video

Nenhum comentário: